Aliando alimentos e criando receitas saudáveis: Cubo de gelo com suco de couve e hortelã

A criatividade deve imperar no planejamento nutricional e nos cardápios de gastronomia, algumas vezes precisamos utilizar a criatividade para tornar o alimento mais apetitoso, saudável e aromático.
O suco de couve é uma arma milenar no tratamento da anemia, a couve é muito rica em Ferro inorgânico, podendo ser útil no planejamento alimentar.
No entanto, peca pelo sabor e aroma, dificultando a aceitação.

Por que não mescla-lo com hortelã ?
Dessa forma teremos um suco saudável, rico em fenóis, se gelado ou preparado em cubos, para armazenamento, melhor ainda!!!

Ingredientes
1 maço de couve orgânica
1 maço de hortelã orgânica
1 pedaço de batata yacon – mais ou menos 2 cm
Aproximadamente 200ml de água mineral
Preparo
Bater todos os ingredientes no liquidificador até obter um suco grosso. Colocar o suco em forminhas de gelo e levar ao congelador.
Usar 1 cubo do gelo de couve e hortelã no suco do café da manhã ou a noite.

Usado em sucos ou vitaminas o cubo de gelo de couve e hortelã é boa fonte de vitaminas e minerais.
Rendimento – 18 cubos (1 forma de gelo e 1/2)
Não possui valor calórico significativo
Autora: Nutr. Cristiane Kovacs

Suco de couve, saiba como faze-lo corretamente

A couve esta presente em inúmeros pratos famosos, todos conhecem a importância da couve na feijoada e no caldo verde.
No entanto, se folhearmos os antigos tratados de medicina, saúde e nutrição, descobriremos  que a couve foi muito usada em chás e sucos para tratamento de doenças digestivas e anemia.

Abaixo apresentamos uma receita clássica, se não tiver toda a efetividade curativa, pelo menos é refrescante e apetitosa.

Segue uma receita de um suco que pode ser feito com a couve.

2 folhas de couve lisa
2 folhas de couve-de-bruxelas
1 rama de couve-flor
1 rama de brócolis
4 cenouras
1 maçã
1 copo de suco de laranja

Servir gelado e, no máximo, em duas horas após o preparo
indicações: anemia, fraqueza e astenia, inapetência e distúrbios digestivos.

 Fontes:
www.uol.com.br
www.vnatura.wordpress.com
Autor: Rafael Bruno Ferreira do Amaral

Decálogo e dicas da anti ressaca

 

 

Os médicos e todos os profissionais de saúde sempre são questionados pelos pacientes sobre regras para evitar a ressaca.
Na gastronomia existem indicações corretas, formulas milagrosas e “dicas infalíveis”para reduzir o mal estar depois de abusar do alcool e dos alimentos.

Vamos as considerações de BOM SENSO….
Existem muitas regras e muitas dicas, vejamos as mais práticas e objetivas:
Podemos criar 10 regras práticas que orientam e prescrevem o bom senso, indicando formas do bem comer, sem privar o prazer da reunião com familiares e amigos, reencontros anuais que colaboram para a diminuição do stress.
No prólogo das 10 regrinhas básicas, é importante lembrar:

“o consumo excessivo de carne, rica em gordura saturada e hipercalórica, a ausência de fibras (verduras e legumes), o abuso de doces e carboidratos e a ingestão desmedida de álcool são fatores capazes de inverter a expectativa do mais animado festeiro”. 

1-      Comparecer a todas as festas e comemorações que tragam o bem estar, encontros agradáveis, boas recordações e momentos de prazer;

2-      Use e abuse de saladas, verduras e frutas;

3-      Prove comedidamente todos os pratos dos bufês, sejam de carne vermelha, aves ou combinações exóticas, desde que adequados ao horário e em quantidades aceitáveis;

4-      Evite frituras, condimentos em excesso e temperos não usuais;

5-      Lembre-se dos quilômetros necessários em caminhadas para queimar as calorias advindas dos cinco pedaços da torta maravilhosa e irresistível;

6-      Abuse da hidratação com sucos naturais, chás e água. Evite bebidas com muita gaseificação;

7-      Consulte seu médico ou nutricionista acerca de mistura de álcool com medicação;

8-      Nunca misture ou abuse de bebidas alcoólicas. Nas refeições, evite o uísque inicial, o vinho para acompanhar e o licor para finalizar;

9-      Obedeçam as dietas indicadas, caso possua alguma doença grave, no mais,  alimente-se sem culpa;

10-    Por fim, confraternize, brinque, reveja os amigos, esqueça a doença e pense na saúde.

 Pense antes:
Como preparar o corpo para as festas de final de ano?

Como preparar as refeições com carne de porco ou vermelha para que elas fiquem menos gordurosas;
Quais as refeições ideais, com alimentos saborosos e saudáveis, sugestão de uma salada completa para acompanhar outros pratos (quais os legumes e verduras que mais combinam em uma salada?);
Qual a quantidade aceitável na ingestão de alimentos durante as festas;
Quais os condimentos e temperos que podem causar problemas ao estômago ou incentivar a má digestão;
Quais as bebidas que apresentam maior grau de gaseificação;
Sugestões não alcoólicas para acompanhar as refeições. Ex.: na entrada ao invés do uísque inicial, substituir por suco de tomate etc;
No caso dos inevitáveis abusos alimentares e alcoólicos quais os procedimentos a serem adotados;
Após as festas, como colocar o corpo em forma.

 Ressaca como tratar e prevenir
A ressaca invariavelmente é a companheira do dia seguinte ás festas, quando abusamos no consumo de álcool.
O indivíduo que participa de festas, nas quais permanece-se por longo tempo, tipo Carnaval, Reveilon ou Natal, deve preocupar-se com a adequada ingesta de alimentos e hidratantes.

Os principais sintomas presentes na ressaca devem-se a desidratação provocada pelo excessivo consumo de álcool, levando a cefaléia, tontura, sintomas digestivos e mal estar geral.
Observamos ainda, dores articulares e musculares, comuns na fadiga por excesso de atividade ( dança….).

Recomenda-se como forma de evitar a magnitude dos sintomas:

– ALIMENTAÇÃO LEVE, PREFERENCIALMENTE FRUTAS, SALADAS  E GRELHADOS.
– HIDRATAÇÃO ABUNDANTE.
Tratamento de ressaca
Repouso
Hidratação e reposição de eletrólitos ( Sódio, Potássio…)
Alimentação fracionada em pequenos volumes
Evitar frituras e alimentos com excesso de gordura
Evitar bebidas gaseificadas
Abusar de frutas e sucos
EVITAR ÁLCOOL NO DIA SEGUINTE!!!

Dicas importantes entre a escolha de quantidade e qualidade, identificando os erros…

Estabelecer um entendimento entre a qualidade e a quantidade em cada momento e em cada situação, nesse ponto o gourmet confronta com o gastronomo, faz-se necessário um conhecimento básico. Para isso nasceu o Dr. Gourmet!!!

1.Qualidade x Quantidade
2.Consumir  per capta de carne branca 2 ou 3 vezes maior do que a carne vermelha
3.Utilizar alimentos light em grandes porções
4.Adicionar azeite de oliva sem demais modificações dietéticas
5.Consumo de frutas e produtos integrais indiscriminados
6.Consumo diário de vinho tinto sem demais modificações alimentares
7.Achar que a fritura em óleo vegetal é pior do que gordura animal (carnes e leite)
8.Utilizar margarina com fitosterol em quantidade inferior ao mínimo
9.Não estar alerta a gordura trans e suas diferentes apresentações
10.Semana x final de semana

Dicas práticas para emagrecimento – Lanches rápidos/ Substituições inteligentes

O estilo de vida da população atual esta cada vez mais competitivo, com maiores exigências e objetivos a serem alcançados. Levar uma vida saudável parece impossível quando até um breve intervalo é difícil de encaixar no seu dia a dia, nessas horas o importante é saber escolher os alimentos corretos que, ao invés de atrapalhar suas atividades, irão beneficiá-las melhorando sua disposição, energia, função metabólica e emagrecimento.

Porém a reeducação alimentar não é um processo fácil, centralize suas vontades e concentre seus esforços basicamente em quatro ações:
Organização – Indispensável para focalizar objetivos e colocar em prática novos hábitos alimentares.
Disciplina – Se não houver disciplina para seguir orientações e controlar impulsos indesejados, metas não será alcançadas.
Determinação – No momento em que a opção mais viável parece ser desistir de tudo, lembre-se do quanto foi difícil conquistar o que já conquistou, siga em frente!   
Motivação – E possível que ainda falte muito para a satisfação completa, porém valorize suas vitórias, permita-se enxergar o quanto evoluiu e não se concentre apenas nos erros.

Substituições nutritivas:
1 bacia de pipoca = 440 kcal            
10 Cookies integrais sabor castanha do Pará = 233 kcal

Nuggets de frango (5 unidades) =  326 kcal    
1 peito de frango  s/ pele grelhado (140g) = 231 kcal

1 porção média de batata frita = 320 kcal
1 fatia grande (90g) de batata doce cozida  = 94,5 kcal

1 copo médio de refrigerante = 140 kcal
1 copo médio de suco de laranja natural = 80 kcal
1 copo médio de chá verde gelado = 0 kcal

1 fatia de bolo de chocolate c/ recheio e calda (70g) – 328 Kcal
1 Brownie de soja sabor chocolate (38g) – 149 kcal

Sanduíche com queijo e hambúrguer = 310,0 kcal
Sanduíche com atum, agrião e requeijão light = 188,0 kcal

1 bola grande(80g) de sorvete de chocolate = 172 kcal
4 quadrados de chocolate amargo com amêndoas = 133 kcal

1 fatia de queijo brie (30g)  – 100,2 Kcal 
2 unidades (30g) Queijo processado Polenguinho rico em fibras e cálcio – 54 kcal

 Autora: Nutricionista Tanise Amon

Sanduiches em fast food, quando são inevitáveis, escolha com classe

Elaboramos uma tabela com algumas características dos principais sanduiches em fast food.
As vezes podemos sair da dieta, relaxar e curtir bons momentos..Só tenha cuidado com o sal!!!

Ingrediente Hambúrger Cheese Burger Cheese Maionese * Cheese Salada**
Carboidrato Traços 40,26g 43,83g 45,04g
Lipídio 6,22 11,9g 16,9g 16,9g
Proteína 12,04g 22,51g 22,61g 22,61g
Fibras traços traços traços 0,5g **
Ferro 1,79mg 2,72mg 2,72 2,72
Calorias 104 358 417 422

*   01 Colher de sopa
** 02 fatias de alface e 02 rodelas de tomate

Como montar lanches escolares?

O lanche é fundamental do ponto de vista nutricional. As crianças em idade escolar, no qual há um desenvolvimento de atividades físicas e intelectuais, não devem permanecer longos períodos em jejum. O lanche não é o vilão que tira o apetite das crianças antes do almoço ou jantar. O horário de lanche da escola, o tipo e quantidade de alimentos é que devem ser selecionados.
1. Preparar um lanche saudável e variado, que ao mesmo tempo satisfaça ao paladar da criança;
2. Chocolates, doces, balas, refrigerantes e salgadinhos são excessivamente calóricos e, não têm valor nutritivo.
3. O que seria um lanche saudável e equilibrado?
– Sucos, chás ou água para repor as perdas hídricas ocorridas durante as atividades físicas.
– Uma fruta: por serem ricas em vitaminas, sais minerais e fibras. As mais práticas são (maçã, banana, pêra, mexerica, uva) pela facilidade da retirada da casca.
– Ofereça pães, bolachas, bolos. Sua principal função é fornecer energia
– Ofereça proteínas lácteas (queijos, requeijões), iogurtes, frios e defumados. Estas são responsáveis pela construção e manutenção dos tecidos do corpo e auxiliam o funcionamento do sistema imunológico.

 Sempre utilize lancheiras de material térmico para manter a qualidade dos alimentos.