Ké- tsiap, catsup, catchup, qual dos nomes importa, se no final o Ketchup é sempre gostoso ?

ketchup
Na historia gastronômica do kerchup, o descobrimento da formula inicial remonta ao século XVII na China. Nessa época existia um molho fermentado e condimentado   originário de peixes (Ké-tsiap).  A receita original, levada a Inglaterra, recebeu adição de cogumelos, ostras pepinos e nozes, sendo o complemento constante de carnes, aves, peixes e batatas.
No século XVIII, já fazendo parte da culinária americana, recebe a companhia do tomate e começa a parecer com o ketchup tradicional, a primeira receita oficial publicada remonta a 1812, sendo o autor James Mease, chef de cozinha, professor, empresário e escritor do Alabama.
Em 1876, em uma manobra de marketing e produção de alimentos, Henry J. Heinz desenvolveu normas de produção, conservação (potes de vidro) e de culinária, tornando o seu Tomato Catsup no mais famoso molho de tomates americano, o Ketshup.
Receita básica:
200 gramas de polpa de tomate, 50 gramas de açúcar mascavo, 100 ml de vinagre de vinho branco, 25 a 30 gramas de sal, 100 ml de água, 5 gramas de pimenta caiena em pó, uma pitada de canela.
Após misturar todos os ingredientes, leve ao fogo. Após a fervura, mantenha por mais 3 minutos, desligue e fogo. Após o retorno a temperatura ambiente, prove o sal e leve a geladeira por 24 horas.

Fontes:
Enciclopédia do alimentos, 2009
Engelbrecht T. in O Estado de São Paulo, caderno paladar, 04/07/2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s