O bem-sucedido tratamento da obesidade na Espanha do século X

O rei Sancho I, também conhecido como Sancho, “o gordo”, subiu ao trono de Leon depois da morte de seu pai no ano de 958; porém, considerado inapto por ser extremamente gordo, foi deposto por sua própria corte. A rainha mãe, sua avó, inconformada com o fato, apelou para o califa do reinado vizinho de Córdoba, que possuía um método famoso.
O rei Sancho recebeu a consulta dos médicos de Cordoba. Estreitando os laços entre os dois países. Como decorrência disso, os dois reinos, Leon e Córdoba, tiveram um longo período de paz e entendimento.

No século XII, Maimônides, médico, filósofo, jurista e astrônomo judeu nascido em Córdoba, em uma de suas obras, a “Preservação da Juventude”, já recomendava comer moderadamente e, se o indivíduo estivesse faminto e sedento, devia esperar um pouco, pois ocasionalmente a fome e a sede poderiam ser ilusórias, numa verdadeira antecipação dos ensinamentos da moderna terapêutica comportamental da obesidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s