Queijo Roquefort deve ser azul, de leite cru de ovelhas e maturado em cavernas.

queijo-RoquefortAntes de tudo, a grande e importante diferença entre o Roquefort e o Gorgonzola é que o primeiro provem de leite de ovelhas, ao contrário do outro que é produzido a partir do leite de vaca.

Mas o Roquefort possui outras características, que o diferenciam, tornando suas características únicas e normatizadas, dentro dos padrões franceses do selo de “Appellation de Origine Controlle”.

O Roquefort é feito do leite de ovelhas Laucane, na região de Midi-Pyrénées, ao sul da França. O fungo Peninicillium Roquefort e injetado na massa precursora do queijo, que permanece em processo de maturação em caves subterrâneas, úmidas e frias por, no mínimo, 15 dias.
Ao final do processo, o queijo adquire um sabor intenso, misto de ardido e picante, aroma forte tendendo ao sulfito e a textura cremosa intercalada com áreas de maior consistência.

O consumo deve ser em temperatura ambiente, sempre pedindo o acompanhamento de pães, podendo compor mesclas com outros queijos, na elaboração de cremes e molhos, ou acentuando sabores fortes de carnes assadas, ou grelhadas.

O grande pecado, sem misericórdia na politica gastronômica é chamá-lo de Gorgonzola, outro herói dos queijos, mas de origem Piemontesa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s