Água, dicas e mistérios

Composta por duas partes de hidrogênio e uma de oxigênio (H2O), a água se destaca como a substância mais abundante no corpo humano, chegando a consistir entre 50 e 65% do peso de um adulto magro

Uma das importantes propriedades da água é a capacidade de dissolver outras substâncias. A água é considerada solvente universal, porque é muito abundante na Terra e é capaz de dissolver grande parte das substancias conhecidas.
Se percebermos na água cor, cheiro ou sabor, isso se deve a substâncias (líquidos, sólidos ou gases) nela presentes, dissolvidas ou não.

A água é o principal constituinte das células humanas e está presente em todos os processos fisiológicos e bioquímicos que ocorrem no nosso corpo. A água permite a regulação da temperatura corporal, é responsável pela eliminação de toxinas, através da urina e do suor e representa cerca de 95 % do plasma sanguíneo que transporta oxigênio e nutrientes até às células. (Fundação Luso).

Em pessoas saudáveis as variações da quantidade de água no corpo surgem no crescimento, aumento ou perda de peso, durante a gravidez e lactação. O total de água corporal varia de pessoa para pessoa, sendo esse valor afetado por diversos fatores, como: massa muscular e tecido adiposo. (Institute of Medicine, 2004).

A água desempenha um importante papel, no que respeita à prevenção de doenças e ao bem-estar geral:

– hidrata o corpo a partir do interior, contribuindo para que a pele se mantenha saudável, lisa e suave; – evita perturbações do trânsito intestinal, como a prisão de ventre; – ajuda a fortalecer as defesas naturais.
– ajuda a prevenir a formação de pedras nos rins e contribui para a redução do risco de infecções urinárias;

 Um corpo adulto contém em média 45 litros de água, dos quais, 30 circulam dentro das células. Aproximadamente 3 litros circulam como plasma sanguíneo, transportando proteínas e outros nutrientes com capacidade de penetrar nas paredes capilares. Os demais 12 litros integram o líquido intersticial, que envolve as células e produz a linfa e várias outras secreções. Com exceção do tecido ósseo, no qual a água é mantida encapsulada, existe um intercâmbio permanente de líquidos intracelulares e extracelulares através das membranas das células.

  A água possui nutrientes que ajudam e atuam no organismo humano de forma positiva, como cálcio, potássio, sódio, e magnésio.

– Cálcio atua na formação de tecidos, age na coagulação do sangue e na oxigenação dos tecidos, alem de combater as infecções e mantém o equilíbrio de ferro no organismo.
– Potássio atua associado ao sódio, regularizando as batidas do coração e o sistema muscular e contribui para a formação as células. Sua falta pode acarretar diminuição da atividade muscular.
– Magnésio atua no controle a excitabilidade neuromuscular.

A falta desses sais minerais traz conseqüências gravíssimas ao organismo, como por exemplo, no caso de uma desidratação, em que há perda desses minerais, podendo levar ate a morte.

A água mineral é, em geral potável e pode ser bebida na fonte ou engarrafada – desde que a fonte esteja preservada da poluição e da contaminação ambiental e que o processo de engarrafamento seja feito com higiene.(Só Biologia)

O consumo de água engarrafada está crescendo firmemente no mundo nos últimos 30 anos. É o mais dinâmico setor de toda a indústria de alimento e bebidas; o consumo, no mundo, cresce numa média de 12% cada ano, apesar do alto preço comparado com a água de torneira. (RG NUTRI, 2010).

O consumo diário para uma adulto deve ser em torno de 8 copos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s