Alimentação no inverno, escolhendo os pratos com classe e qualidade nutricional, optando pelo fondue sem culpa…

No inverno, em função do frio e do aumento do gasto energético (para manter a temperatura corporal), as pessoas tendem a comer mais e procurar por alimentos mais calóricos. Como prato tradicional desta época do ano, o fondue, sempre foi sinônimo de romantismo, mas também de excesso de calorias.
Ter alguns cuidados com a saúde durante o inverno como adaptar as preparações consumidas neste período e torná-las menos calóricas e gordurosas, além de praticar atividade física, pode manter seu peso e de prevenir obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares.

O bom senso e moderação na hora de selecionar os ingredientes é o primeiro passo para aqueles que procuram se alimentar de maneira saudável sem perder o prazer de um prato saboroso como o fondue.
A versão tradicional do fondue de queijo é muito calórica, rica em gordura (saturada principalmente) e colesterol. No preparo, uma dica é dar preferência ao leite desnatado e substituir os queijos amarelos gordurosos (como gorgonzola, parmesão, brie, ementhal, gruyére e estepe), pelos brancos magros (queijo minas light, cottage, ricota), que são menos calóricos.
Os acompanhamentos também podem ser menos calóricos e saudáveis como, no lugar do pão comum, optar por utilizar vegetais ou mesmo pão integral light;  o vinho, especialmente o tinto, protege o organismo de doenças cardiovasculares.

Outra boa dica são as sopas de legumes e hortaliças, que aquecem o corpo, alimentam, são pouco calóricas e ricas em vitaminas e minerais antioxidantes que reforçam as defesas do seu organismo. Utilize legumes batidos ao invés de creme de leite ou massas; carnes magras ou frango sem pele e acrescente fibras solúveis, como o farelo de trigo ou de aveia. As fibras ajudam a regular a função intestinal, mantêm o colesterol em níveis normais e provocam a sensação de saciedade. Para acompanhar dê preferência aos pães integrais na versão light ou o pão sueco que é pobre em gorduras.

Na atualidade  estamos cada vez mais informados sobre os chamados alimentos funcionais. No caso das sopas, poderemos estimular a criatividade. e incorporar alguns desses alimentos. como por exemplo, o azeite de Oliva. Podemos ser utiliza-lo no preparo dos pratos e também como finalização, um fio de azeite de oliva pode incrementar o sabor e a criatividade, sem alterar de forma substancial o valor calórico e as caraterísticas nutricionais.

Nutricionista Anna Castilho – IMeN

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s