Maionese, vilã ou heroína das nossas receitas ?


Esse é um dos mais polêmicos alimentos / ingredientes das receitas clássicas.
Já na origem do nome a discussão é complicada, o famoso autor da gastronomia francesa, Carême, diz que o nome vem de francês Manier, modificado para magnonnaise.
Alguns historiadores relacionam o surgimento da maionese devido a captura do Port Mahon em Minorca, pelo Duke de Richilieu, originando o nome Mahonnaise, posteriormente modificado para Mayonnaise.

Controvérsias históricas de denominação a parte, entramos na polêmica nutricional.
Na sua formulação original utilizamos ovos crus, residindo nesse ponto a possível contaminação por Salmonnela ou na facilidade de deterioração e crescimento bacteriano!!!

Em muitos restaurantes, utiliza-se ovos pasteurizados, mantendo as características do ovo, mas reduzindo o perigo da contaminação.

Na atualidade as maioneses industrializadas utilizam óleos vegetais, pobres em colesterol e gordura saturada, adicionada de temperos e aromatizantes, pecam em algumas fórmulas pelo excesso de sal.

Receita da Maionese caseira

Ingredientes:
2 gemas
250ml de óleo vegetal (oliva, soja, milho, canola…)
10 a 15 ml de vinagre ou suco de limão
7 a 10g de mostarda
sal a gosto

Modo de fazer:
Coloque as gemas em um bowl
Misture com a mostarda, sal e vinagre/suco de limão
Bata juntamente com 2/3 do óleo (vigorosamente)
Adicione o restante do óleo e bata de forma ritmada até atingir a consistência de creme.
Acerte o sal.

4 comentários em “Maionese, vilã ou heroína das nossas receitas ?”

Deixe uma resposta para Cris Kovacs Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s