Bananas na história do Brasil

As frutas fazem parte do nosso cotidiano gastronômico há muitos anos, já na carta de Pero Vaz de Caminha ao rei de Portugal, Dom Manuel “O Venturoso”, existe uma descrição dos alimentos exóticos consumidos pelos selvagens, dentre eles aparece a primeira descrição da banana colhida em solo brasileiro.
Quanto à banana, ela nunca foi exclusivamente nossa, da mesma forma que o futebol e o carnaval. Existia uma variedade nativa comestível que os índios assavam. Nas bordas da floresta amazônica ainda são encontradas espécies selvagens. As variedades que cultivamos, porém, foram introduzidas no Brasil pelos portugueses a partir do século XVI. Acredita-se que vieram do arquipélago de São Tomé e Príncipe, no golfo da Guiné, e das ilhas Cabo Verde, a cerca de 500 km da costa africana. Antes disso, espalharam-se pelo mundo. As atuais bananeiras plantadas no mundo são originárias do Sudeste da Ásia e apreciadas desde a Antiguidade (Fonte: Dias Lopez; 2012).

Paralelos históricos a parte, ninguém melhor que o tenista Guga para popularizar o consumo de bananas em atividades esportivas, ressaltando que ela é uma importante fonte de Potássio e carboidratos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s